terça-feira, 22 de abril de 2014

A supervalorização dos autos antigos


 Em mãos a edição Nº 12 da revista Classic Show, publicada em 2002. Na seção de Classificados, algumas ofertas nos chamam a atenção:

- Landau 1977, Série Prata –  R$ 3.200,00
- Karmann Ghia TC 1974 – R$ 5.000,00
- Gordini 1967 – R$ 4.000,00
- Puma GTS 1974 – R$ 3.000,00
- Mercedes Benz SLC 1973 – R$ 15.000,00
- Maverick GT V8 1974 – R$ 8.000,00
- Dodge Charger R/T 1978 – R$ 8.500,00
- Ford Custom V8 1951 – R$ 9.000,00
- Chevrolet Bel Air 1954 – R$ 9.000,00

E por ai vai... Todos carros em bom estado e originais. Alguns desses modelos, caso do Maverick GT, do Landau, do Bel Air e do Dodge Charger R/T estão sendo comercializados hoje por 10X mais (ou até mais!). Enquanto isso, a inflação oficial nos últimos 12 anos (IPCA) não chegou aos 100%.

3 comentários:

Basílio/ Leopoldina disse...

Sou prova disso, comprei meu LTD 77 em 1999 por R$ 2.800,00 carro perfeito e até hoje apos 15 anos só dou manutenção mecanica e só rodo.

Anônimo disse...

Supervalorização somada à especulação e a gente que inflaciona o mercado em benefício próprio. Enquanto tiver quem pague, os espertos vão colocando dinheiro no bolso.

Caio Campi disse...

O mais interessante nao e so a revista, mas tambem sites de internet que na epoca ja tinha relatos de vendedores de carros, em especial no Rio de Janeiro, vendendo Camaro, Belair 55 , Chargers, etc, por valores nao maiores que 7 ou 8 Mil. Impressionante. A verdade e que ha um interesse do meio em elitizar os carros. Detalhe, nos EUA tambem ha um aumento crucial dos valores devido aos programas de restauracao e venda. Um abraco a todos. Caio