quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

Cara de um...


Um belo dia o dentista Paulo Mota, de Araruama, viu em um site mexicano a imagem de um Fusca a reboque de uma carretinha. Daquele dia em diante, Paulo não pensou em outra coisa: iria construir uma carretinha que fosse a “cara” de seu Fusca 1970.
O primeiro passo foi a pelegrinação a inúmeros ferros-velhos, na garimpagem de peças de lataria. A tarefa foi árdua, já que os componentes de VWs antigos não são nada fáceis de se encontrar, principalmente porque o 1970 de Paulo tem a aparência “envelhecida” dos 63.
Ao todo, foram cerca de 8 meses de trabalho, já que ele não dispunha de referências para a realização do projeto. E o resultado foi mesmo nota 10! Além da lataria, a carretinha possui partes da suspensão também herdadas do Fusca. A frente e o assoalho foram moldados em chapa e a tampa é de madeira naval, recoberta por fibra de vidro.
Dentro há bastante espaço: o local originalmente destinado ao motor é a conta certa para uma geladeira de isopor recheada de cervejas e refrigerantes. O compartimento principal é todo forrado, tem assoalho ripado e todo sistema elétrico, permitindo até mesmo ligar uma TV. O maior capricho!
O sonho de Paulo está na medida para sua família que adora acampamentos e passeios cheios de aventura.

segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

Roncaço na “Terra da Garoa”

Aconteceu ontem em São Paulo o 3° Roncaço do Motor Refrigerado a Ar (leia-se Fusca, Karmann-Ghia, Brasília e todos os carro da “família VW” com motor boxer). O evento foi motivado pelos amigos Alexander Gromow e Edi (Fusca Clube ABC). Apesar o tempo não muito bom, foram reunidos quase 300 automóveis. Confira nas imagens abaixo.

Lembranças dos “Anos de Chumbo”


Fabricado entre 1962 e 1991, o Ford Falcon possui uma legião de fãs na Argentina. Tem até um clube especializado no modelo.

Mas o carro traz também tristes lembranças para o povo argentino. Era geralmente a bordo do Falcon que os esquadrões da repressão sequestravam os inimigos do regime militar. Algumas pessoas eram apenas submetidas a interrogatórios. Mas outras nunca mais eram vistas. Calcula-se entre 11 e 30 mil o número de desparecidos, entre 1976 e 1983. Lentamente, este estigma vem sendo superado.

sexta-feira, 25 de janeiro de 2008

Até debaixo d'água

Você dispõe de R$ 100 mil e deseja comprar um carro beeeeeem diferente e exótico? Que tal um anfíbio alemão, fabricado em 1968. O carro está anunciado no Mercado Livre e segundo o vendedor existem apenas 3 exemplaes no Brasil. http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-68315552-carro-anfibio-alemo-rarissimo-_JM

Pé na estrada

Em dezembro o Clube do Opala de Jundiaí fez uma visita à turma do dos Amigos do Opala de São Paulo. Veja como foi o passeio, neste vídeo.

quarta-feira, 23 de janeiro de 2008

Um novo colaborador


O Portal Maxicar se orgulha em anunciar a chegada de mais um colunista para seu time. Trata-se do paulistano Portuga Tavares. Simpatissímo e com jeito de garoto brincalhão, Portuga é desde sempre um apaixonado por carro antigos de qualquer espécie. E em sua coluna “Garagem dos Sonhos” ele falará justamente sobre isso. Para quem não o conhece, ele é editor de textos do programa Auto Esporte da Rede Globo e colaborador em diversas publicações, entre elas a Revista 4 Rodas. É um dos autores do livro “Almanaque do Fusca”, grande sucesso editorial da Ediouro. Seu artigo de estréia é “Os carros dos nossos sonhos”. Confira!

Parece mentira

video

Agradecemos ao Puma Clube de Goiás.

terça-feira, 22 de janeiro de 2008

Obra prima #2

video

Agradecemos a Odair Ferraz

Obra prima #1


A primeira fábrica da Fiat foi construída em Turim, na Italia, e ficou pronta em 1920. Os carros saíam da linha de montagem e iam direto para a pista de testes, na cobertura do edífício. Absolutamente impressionante!
O prédio ainda existe e hoje abriga uma universidade e um centro de convenções. O cenário serviu para cenas de perseguição do filme “Italian Job”, de 1969.


sexta-feira, 18 de janeiro de 2008

O Dia Nacional do Fusca


Você deve estar se perguntando: porque se comemora no dia 20 de janeiro o Dia Nacional do Fusca? Foi neste dia, em 1995, que aconteceu no Autódromo de Interlagos em São Paulo o maior encontro de automóveis de uma mesma marca em todo o mundo, fato que entrou para o Livro Guinness dos Recordes. Foram nada menos que 2.728 carros, durante o Encontro Nacional do Fusca. A data faz parte do calendário oficial da cidade de São Paulo.
20 DE JANEIRO - DIA NACIONAL DO FUSCA

Mais um pouco de Fusca


  • No ano de seu lançamento, em 1938, o Fusca vendeu apenas 210 unidades.

  • Somente em 1961 ganhou marcador de combustível. Antes disso o que havia era um botão no painel que acionava uma reserva de 5 litros, permitindo chegar ao posto mais próximo.

  • Na década de 40 duas encarroçadoras produziram versões conversíveis do Besouro: a Hebmuller e a Karmann.

  • Alguns dos primeiros exemplares VW que chegaram no Brasil em 1950 tinham pintura em duas cores. Um artifício da Brasmotor para deixá-los mais parecidos com os grandes automóveis americanos, ja que nesta época o VW era totalmente desconhecido por aqui.
  • Ao contrário da maioria dos carros, que tem a corroceria soldada ao chassi, o Fusca utiliza parafusos para esta função. Isso facilita bastante na hora da restauração.

  • Inúmeros carros esportivos e réplicas utilizam o chassi e a mecânica do Fusca, não só no Brasil, mas em várias partes do mundo. Alguns exemplos: Puma, Bianco, Bugre, MP Lafer e as réplicas Porsche.

  • Em 1955 a Volkswagen já comemorava a marca de 1 milhão de automóveis vendidos.

  • O último Fusca foi fabricado no México, em 2003. Ao longo de 65 anos, foram produzidos mais de 21 milhões de exemplares do simpático carrinho.

20 DE JANEIRO - DIA NACIONAL DO FUSCA

quinta-feira, 17 de janeiro de 2008

Máquina de lavar

Os primeiros Fuscas chegaram ao Brasil no final de 1950, diretamente da Alemanhã. A empresa responsável pela importação dos 30 exemplares foi a Brasmotor, a mesma que hoje fabrica os produtos das marcas Brastemp e Consul! A Volkswagen só viria a se instalar 3 anos depois, em um galpão alugado no Ipiranga, em São Paulo. Os Fuscas vinham encaixotados (CKD) da matriz e eram montados aqui.
Somente em 1959 o Fusca passou a ser produzido no Brasil.


20 DE JANEIRO - DIA NACIONAL DO FUSCA

Estranhos vovôs

Quando encomendou a Ferdinand Porsche a criação do “Carro do Povo”, o governo alemão já possuia dois protótipos produzidos por duas importantes fábricas de motocicletas: a NSU (alto) e Zundapp.

25 DE JANEIRO - DIA NACIONAL DO FUSCA

quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

Linha de montagem



No próximo domingo, dia 20 de janeiro, é o Dia Nacional do Fusca. Até lá vamos publicar alguns tópicos sobre nosso amado carrinho.
Para começar, algumas fotos da produção na Alemanha, que parecem ser dos anos 60. Imagens enviadas por Marco Rebuli, do Clube da Kombi de Curitiba.

20 DE JANEIRO - DIA NACIONAL DO FUSCA

À italiana

O Nuovo Fiat 500, lançado no ano passado, foi eleito o Carro do Ano na Itália. Fazemos uma homenagem, a seu "avô", lançado na década de 1950, com este comercial da época.

segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

Elo perdido?



Fotos enviadas pelo amigo Dan Palatnik, que comenta: "Um verdadeiro elo perdido entre o Fusca e o TL, prova viva da relutância da VW em abandonar de vez o design do Besouro.
Alguém teria mais informações a respeito?"

Transformação


Nada contra carros modificados, embora não sejamos adeptos (excessão para os verdadeiros hots). Esse aí, alías, ficou muito bem feito. Só é pena pegar um carro em tão bom estado para transformar.

Colaboração de Elisa Nascimento

quinta-feira, 10 de janeiro de 2008

Hermano argentino


Em 1971 teve início na Argentina a produção do Dodge 1500, o irmão de nosso Dodge 1800 (e depois Polara). Lá como aqui, a Chrysler local acabou sendo vendida para a Volkswagen. Mas ao contrário do Brasil, a produção do modelo continuou e em meados dos anos 80 curiosamente passou a chamar-se Volkswagen 1500 (não confundir com o Fusca)!
Mas este compacto tinha duas curiosidades, se comparado ao nosso 1800: foi fabricado somente com 4 portas, teve uma versão SW, já sobre a chancela da Volks. Sua produção foi encerrada somente em 1988.

Meu nome é 4M


Acaba de estrear nos cinemas um filme brasileiro que promete fazer um tremendo sucesso: “Meu Nome não é Johnny", com Selton Mello no papel-título. Ambientado sobretudo nos anos 80, a produção tem a participação de diversos automóveis da época, entre eles o raro e impecável Passat 4M 1978 de nosso sempre amigo e parceiro André Grigorevski, presidente do Passat Clube do Rio de Janeiro e mantenedor do site www.hpdopassat.com.br.
Se vecê nunca ouviu falar nesse tal de 4M, saiba que foi uma série especial do Passat, com apenas 1000 exemplares, lançado pela Volkswagen para comemorar a marca de 4 milhões (4M) de automóveis produzidos no Brasil. Tinha somente a cor grafite metálica com a tampa da mala em preto fosco e a frente idêntica a da versão TS, com 4 faróis.

terça-feira, 8 de janeiro de 2008

Nas ondas do rádio

A paixão do professor universitário gaúcho Ari Zwirtes por rádios antigos começou em 1966, quando ele fez um curso de rádio-técnico por correspondência pelo Instituto Universal Brasileiro. Em 1983, quase 20 anos depois de abandonar a profissão, Ari começou, meio por acaso sua coleção com um SEMP que ganhou de presente.
Hoje já são mais de 50 exemplares, entre nacionais e importados, cuidadosamente restaurados.
Mas paixão é coisa que não para nunca de crescer e ele acaba de inaugurar um site voltado exclusivamente ao tema. É o www.radioantique.com.br
Aqui você vai encontrar uma breve história deste que é um dos mais importantes meios de comunicação da história da humanidade (e que nunca sai de moda!); vai conhecer a coleção de Zwirtes; saber em detalhes como começou seu hobby; e ver como acontece o processo de restauração.
Por ter estreado há poucos dias, algumas seções do site ainda encontram-se em construção, mas já, já estará completo. Não deixe de acrescentar à sua lista de “favoritos”.

Modernidade




Daqui há 50 anos também vamos achar graça dos anúncios de hoje!

segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

Dupla utilidade

Um site para quem gosta de Buggies ou possui qualquer um dos carros da Volkswagen com motor boxer a ar (o mesmo dos Buggies). É o www.planetabuggy.com.br.
Você que é buggeiro, vai encontrar fotos dos diversos modelos já fabricados, dicas de trilhas, dados técnicos, clubes, etc...
Se você é o feliz proprietário de qualquer veículo da “Família Fusca” e gosta de botar a mão na graxa nos finais de semana, vai encontrar muitas dicas interessantes de mecânica: regulagem de válvulas e de ponto, troca de rolamentos das rodas, refrigeração, troca de coifas, sistema elétrico... Vale à pena conferir.

sexta-feira, 4 de janeiro de 2008

Pesados


Quem gosta de pesos pesados deve conferir um site britânico dedicado a caminhões, ônibus e veículos comerciais antigos. O visual do site não é lá essas coisas e o conteúdo se resume a diversas fotos de cada uma das marcas. Como não poderia deixar de ser, grande parte dos veículos é de fabricação inglesa e há raridades como Albion, Bredford, Briston, Maudslay e Scammell. Já ouviu falar? http://www.vintagecommercialvehicle.freeserve.co.uk/

quinta-feira, 3 de janeiro de 2008

1957


São famosos os automóveis da linha 1957, fabricados pela Chevrolet. Este site é dedicado exclusivamente aos carros produzidos neste ano... só que pela Ford! Aqui você encontra todos os modelos da linha, com destaque para o Fairlane, catalogo de cores de carroceria e interior, manuais, galeria de fotos, peças a venda... Uma mão na roda para quem está restaurando. http://www.1957ford.com/

Velho Oeste

Quem tem mais de 40, com terteza curtiu o seriado Bonanza, dos tempos da TV à válvula. O video abaixo é um comercial da linha Chevrolet 1965, apresentado pelo elenco da série. De quebra, a turma de A Feiticeira.

video