quinta-feira, 18 de março de 2010

Inspeção veicular


Tem dado o que falar a rigorosa inspeção veicular realizada pelo Detran em São Paulo a partir desse ano, e que inclui também os automóveis antigos de qualquer ano. Recebemos essas dicas abaixo, dadas por um funcionário da “Controlar”, a empresa terceirizada responsável vistoria. Mas atenção: essas dicas valem somente para São Paulo. Vamos a elas:

- É sempre bom fazer uma revisão preventiva para garantir uma boa queima do combustível.
. Troque velas, cabos, rotor e tampa do distribuidor
. Troque platinado e condensador

- Se o carro estiver falhando ou morrendo, regule o carburador no Analizador de Gases
. Regule as válvulas
. Verifique o avanço do distribuidor (vácuo e centrífugo) se funciona corretamente
. Verifique se o ponto de ignição realmente está no ponto!

- Se estiver com vazamentos de óleo (tampa do carter, bujão do carter, capa de tuchos, tampa de válvulas, retentor do volante ou polia) arrume antes.

- Vazamentos de água (fique atento... bomba d’água vazando, radiador furado, reservatório rachado, mangueiras furadas ou abraçadeiras soltas). Vazar pelo ladrão, pode.

- Fumaça Azul... queima de óleo, problemas no cabeçote (válvulas e retentores); ou anéis gastos, paredes riscadas, respiro do carter entupido. Ciclo Otto, verificação em marcha lenta. Ciclo Diesel, verificação em marcha lenta e em rotação máxima.

- Escapamento furado, não pode.

- Carros pouco rodados e bem cuidados: bateu na chave pegou, certo? Se começar a morrer, reprova.

- Correias: verifique se está desfiada.

- Se você tem um “cabrito”, é bom regularizar-lo: a cor descrita no documento deverá ser a mesma que está pintada no carro; um carro registrado como gasolina só pode ter um motor movido a gasolina, carros a álcool deverão ter motor a álcool.

- VW a ar: fique atento ao aquecedor do coletor de admissão nos motores com carburação simples. Deverá estar ligado ao escapamento.

- Vazamento de gasolina (gasolina pega fogo, sabiam?). Excesso no carburador, se vazar pelas bordas, reprova.

- Mangueira do respiro do carter que vai presa no filtro de ar. Se existir e estiver solta, reprova.
- Canister (há uma entrada que sai do tanque de combustível, outra que vai pro carburador e um respiro)

- Diversas tomadas de vácuo no carburador, deverão estar ligadas nos respectivos lugares. Procure literatura, fotos do seu motor para saber onde ligar o quê.

- Funcionamento irregular - se houver algum barulho anormal, excesso de fumaça, qualquer coisa que seja estranha ao funcionamento normal do motor é motivo de reprova. Ninguém quer estourar o motor de ninguém, por isso rejeitamos.

- Carros com placa preta ou motor 2 tempos não fazem inspeção.

4 comentários:

PneusFacil disse...

Gente, por favor verifique que seu pneu não este completamente gasto e que o arame no este aparecendo. Também verifique que não há bolhas muito grande e rasgos profundos. Eles vão ver isso e seu pneu pode ser reprovado.

Rogerio disse...

A Rod & Custom 14, com a matéria criticando e apontando as falhas e abusos da Inspeção Veicular, já está nas bancas! Vale a pena conferir!
http://www.streetcustoms.com.br/revistas-carros/noticias/rod-custom-14-chega-as-bancas.html

jose roberto disse...

fiz uma inspeção em uma Rural 1972, durante o procedimento o funcionario nao conseguia registrar con sucesso a captação de ruido a 2500rpm, resumo, depois de uma conferencia de 5 funcionarios e troca de varios cabos o veiculo foi reprovao devido a queima de combustivel fora do padrao isso depois de 20 minutos acelerando o pobre carro antigo a giros altos, pergunto, sera que o equipamento desse pessoal e confiavel? como o cabo deu defeito será que todos os equipamentos passam por revisao, depois vem um deles (funcionario) tentar explicar o motivo, nao sei se ha algum "interesse" nessa explicação

Rogerio disse...

Segundo o professor Luiz Carlos Molion, representante da América Latina na Organização Meteorológica Mundial e pós-doutor em meteorologia, as medidas para a reduzir as emissões de carbono, como aqueles advindas de controles como a Inspeção Veicular Obrigatória realizada na cidade de São Paulo, não vão produzir efeito no clima mundial. “O gás carbônico não controla o clima global”, garante. A quantidade de carbono lançada pelo homem é ínfima, é irrisória, se comparada com os fluxos naturais dos oceanos, solo e vegetação. Para a atmosfera, saem 200 bilhões de toneladas de carbono por ano. O homem só lança seis. O professor, devido ao fato do gás carbônico ser utilizado pelas plantas para fazer fossíntese, considera o mesmo como o “gás da vida”. Veja aqui a entrevista de Molin: http://www.streetcustoms.com.br/revistas-carros/noticias/reduzir-co2-expelido-pelos-carros-e-motos-nao-impede-aquecimento-global-diz-meteorologista.html


Além disso, Segundo a Constituição brasileira, promulgada em 1988, "todos são iguais perante a lei". E eu cito:

"TÍTULO II
Dos Direitos e Garantias Fundamentais
CAPÍTULO I
DOS DIREITOS E DEVERES INDIVIDUAIS E COLETIVOS
Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade (...)"

Assim, não é legalmente aceitável que o dono do carro com motor de dois tempos ou
com placa preta seja dispensado da inspeção e os outros não. O princípio da igualdade é ferido. Isso, por sí só, já abre o precedente necessário para que os interessados entrem com ações na justiça contra a inspeção, ainda mais porque ela é regional e não nacional. acompanhem o desdobramento da luta contra esse embuste lendo a revista Rod & Custom!